Confusões de uma alma apaixonada... Os seus maiores segredos e desejos...
24
Out 11

 

Como eu gostava de poder ser controlada por um homem.

Tipo, chegar a um bar ele me ver (eu topar é claro) e o homem não deixar de olhar para mim. Mas este homem seria diferente de todos eles. Decidido levantar-se-ís do seu lugar, dirigir-se-ía a mim e apresentar-se-ía a mim. Em vez de conversar, ou perguntar se queria alguma bebida, não... Ele não faria isso.

Apenas segurava a minha mão, puxava-me e levava-me fora desse bar, sem que eu dissesse alguma coisa aos meus amigos... Punha-me no carro dele e levar-meía à casa dele. Lá na casa dele, ficava a olhar para mimsem dizer uma única palavra, só e, a apenas a me despir com o olhar.

Eu olharia para ele e sem uma única palavra começaria a me despir. Lentamente, a fazê-lo sofrer para que aquela peça de roupa caísse mais depressa. Nua olharia para ele, como um convite a lhe proporcionar que ainda era o princípio de algo doido que iria acontecer.

Ele não viria com alguma pressa brutal de fazer sexo comigo. Apenas me rondaria, tipo, como a apreciar uma escultura da bela arte. Depois com as mãos começaria a tocar o meu corpo. Primeiro a cara. Suavemente percorria as mãos pela minha cara, como se fosse um cego e quisesse decorar através do toque dos dedos o toque da pele da minha cara.

Gentilmente ele sorria. As mãos dele já não percorriam a minha cara, percorriam os meus ombros, e devagar começou a descobrir que a "estátua" não era de mármore mas sim algo que se arrepiava e suspirava por mais pois ele já me estava a tocar no peito. Suavemente e muito devagar começou a passar as mãos pela minha barriga só que em vez de ir para onde eu queria, rondava à minha volta e tocar-meía nas costas como fosse uma pena. Pondo-me doida de desejo.

Só que agora é a vez dele. Eu parada veria ele despir-se. Também devagar, a dar um ar de tortura como se fosse muito chato estar a se despir. Nú olhar-me-ía apenas. Abraçava-me. E de repente comecei a sentir os beijos dele. Doces, quentes, suaves, de quem não tinha pressa de ir a algum lado.

E, sem pressas nenhumas, levar-me-ía ao colo até ao quarto. Suavemente me poria na cama e sem dar ares que iria fazer alguma coisa ele punha a boca dele no sitio em que eu já estava a desejar à já algum tempo. E sinceramente eu ficaria doida! Completamente excitadíssima! E, sem eu dar por isso me penetraria. Primeiro devagar, muito devagar, a apreciar o vulcão que estaria a flamejar, quente com a sua lava...

Mas depressa ele começaria dando um ar de, eu vou acabar, mas não. Isso ele não faria. Apenas faria isso constantemente dando-me um prazer inesquecível e a sentir que queria era mais. Muito mais. Ele de repente pararia e olhava para mim, como que a dar a entender que ainda muita coisa viria. Devagar saíria e quando entrava no quarto trazia um lenço de seda e me cobriria os olhos...

Lentamente começava tudo de novo... Ora mais lento, ora mais violento...

Escrito a 22 de Dezembro de 1996

(estou já cheia de calor só de pensar nesta fantasia!

publicado por Lady_Moon às 11:50
sinto-me:
tags:
27
Jul 09

 

Ela queria apenas encontrá-lo na rua... Apenas olhar para ele e sentir o cheiro do perfume dele no ar...


Mas ele não se deixa apanhar. Nem por só um instante... Ela bem queria sentir aquelas mãos a lhe segurar a cara e a beijá-la como se não houvesse um amanhã...


Mas são apenas desejos...


Ela não o pode ter nem por breves instantes...


Então o tango perigoso continua a ser dançado...


Os breves encontros tornaram-se em breves sonhos...


De breves beijos e doces toques tudo se tornou num sonho longíquo...


E ainda bem...


Pois ele não pode ser dela e ela não pode ser dele....

publicado por Lady_Moon às 01:22
sinto-me: sonhadora
tags:
Julho 2015
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Related Posts with Thumbnails
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Está equilibrado
tá mal !!!!!!!!!!!!
Ficámos pelo meio meio, nem muito nem pouco beijad...
Então e este ano, muitos "beijos" ou nem por isso?
beijos por todo o lado, ficar só no tesão ui ui ui
É não é? ;)
É uma ideia :P
Isso é falta de incentivo para que a imaginação co...
Pois... A modos que a imaginação não anda fértil! ...
isto está um pouco abandonado :(
blogs SAPO